Policiais ameaçados
   Flávio  Saraiva  │     17 de agosto de 2016   │     8:38  │  0

Unknown-1Em 11/08, este portal de notícias divulgou vídeo em que três jovens com os rostos cobertos por camisas, bem no estilo de presos rebelados, faziam ameaças de morte ao Delegado Mário Jorge Barros, logo no momento em que ele assumia o comando da DEIC, unidade de elite da polícia civil.

A coincidência não fora valorizada pela mídia, pela cúpula da polícia civil e nem mesmo pela entidade de classe que o delegado ameaçado preside, a ADEPOL – Associação dos Delegados de Polícia do Estado de Alagoas. Em nota protocolar, a diretoria da ADEPOL se posicionou em solidariedade ao seu presidente.

É muito possível que o conteúdo da nota não tenha chegado ao conhecimento dos ameaçadores, que até agora não se sabe quem são. Acredito que este seria o primeiro passo, identificá-los e apresentá-los à sociedade que também se sente ameaçada.

Em 16/08, mais uma notícia de ameaças de criminosos a policiais veiculada em mídia social; dessa vez seria ato de reação à morte de dois suspeitos de assaltos durante confronto com militares no município de Ouro Branco, na noite de sábado 13/08. Conforme a matéria da Gazeta de Alagoas os criminosos planejam ato de vingança e advertem que as pessoas fiquem longe de policiais “porque vai ser uma bagaceira”, agindo como se fossem terroristas propagando ameaças a determinado grupo em razão de suas diferenças.

O comandante da área policial militar que compreende os Batalhões na região do Sertão informou que já adotou providências para proteger os policiais militares, acrescentando que está investigando a origem das ameaças e preparado para o enfrentamento, se ocorrer.

No ambiente policial, as ameaças são ocorrências que são administradas até mesmo com certa naturalidade, como se fossem riscos naturais da difícil missão; mas, a sociedade não vê com naturalidade seus defensores sendo ameaçados por criminosos; muito pior quando não sabe quem são.

Tags:, , ,

>Link  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *