A LEI É FALHA
   Flávio  Saraiva  │     17 de outubro de 2015   │     17:30  │  0

Unknown-4Na quarta-feira (14/10), em Curitiba/PR, a Polícia Civil conseguiu prender torcedores do Atlético Paranaense integrantes de organizada, acusados de agredirem gravemente torcedor do mesmo time de futebol, mas componente de uma facção dissidente. Até aí, nenhuma estranheza, torcedores brigam em todos os estádios do país, enfrentam a polícia, queimam lixeiras, destroem tudo que aparece no caminho deles.

O que causou surpresa, e por isso a repercussão nacional, fora a declaração do torcedor preso afirmando que a briga entre torcidas organizadas do clube “vai ser eterna” e que “vale” matar. Complementa: “É isso mesmo… Nós vamos matar a caveira. A treta vai continuar e vai ser eterna. Enquanto eu estiver vivo, vai rolar. Vai rolar treta, vai rolar morte dos dois lados.”

Outro torcedor, conhecedor das facilidades legais que determinam rápida passagem na prisão, finaliza a entrevista declarando em tom irônico: “Você acha que é para sempre? A lei é falha”.

Aqui em Alagoas, o Ministério Público se antecipa determinando o cadastro de todos os torcedores componentes de organizadas, como medida de prevenção à violência nas áreas internas e externas dos estádios de futebol. Sem cadastro não entra.

A medida, inicialmente preventiva, irá contribuir muito com as investigações de incidentes, identificando torcedores que pensam e agem como os colegas paranaenses.

Tags:, ,

>Link  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *