ESTADO DO CRIME
   Flávio  Saraiva  │     31 de março de 2015   │     6:45  │  1

ESTADO DO CRIMEO mundo assiste ao avanço do Estado Islâmico no Oriente Médio, acompanhando as atrocidades de seus militantes, maioria jovens, recrutados em vários países. São explosões em templos religiosos, depredações e saques a monumentos históricos patrimônios da humanidade, decapitações, homicídios praticados por crianças, eventos que produzem imagens chocantes.

Aqui no Brasil, acompanhamos o crescimento de um estado paralelo praticando crimes que desafiam a instituição Estado, basta ver o resumo das notícias no começo desta semana.

No Rio Grande do Norte, sete supostos assaltantes de bancos foram mortos em tiroteio com a polícia no município de Currais Novos. Com eles foram encontrados explosivos e armas de fogo de diversos calibres, entre elas pistolas, revólveres e escopetas de calibre 12.

No Paraná, um jovem entra em unidade de pronto atendimento e sequestra a médica plantonista, saindo do prédio abraçado a ela, mochila nas costas, sentindo-se superior a tudo e a todos. Foi preso depois de ser identificado com auxilio do monitoramento de imagens e se envolver em acidente de trânsito, engavetando o carro da médica num beco com ela dentro do porta malas. No carro também estava a namorada do sequestrador, uma menina de 17 anos, que o ajudava na empreitada criminosa e foi apreendida.

No Rio de Janeiro, câmera de vídeo mostra um grupo de mais de 10 criminosos fortemente armados entrando no Morro da Mangueira, empunhando fuzis e com mochila nas costas que sugere o transporte de mais carregadores e munições. Estavam ali para disputar o domínio das bocas de fumo na comunidade; jovens recrutados pelo tráfico. Final de semana violento, com quatro suspeitos mortos e dois militares feridos, resultado da intervenção policial que impediu a transferência de domínio e ainda apreendeu quatro fuzis, cinco pistolas, quatro granadas, 18 carregadores de fuzil, 10 carregadores de pistolas e mais de mil munições. Cenário de guerra.

A Rede Globo mostrou o drama de uma mãe brasileira, residente na Europa, que teve o filho recrutado pelo Estado Islâmico e combatia na Síria ao lado de fanáticos vindos de outros países. Aqui, mães brasileiras lutam contra o recrutamento do Estado do Crime, que se apresenta com atrativos capazes de enfrentar as mais fortes argumentações domésticas.

Tags:, ,

>Link  

COMENTÁRIOS
1

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. militar

    Rondônia institui carreira única e padrão salarial para PM e BM
    Governo de RondôniaO Governador do Estado de Rondônia, no uso das atribuições que lhe confere o artigo 65° da Constituição Estadual, adota a seguinte medida.

    Art. 1º Fica instituída a carreira única da Polícia e Bombeiro Militar de Rondônia a qual incia- se como soldado e encerra-se como Coronel de Polícia.
    Art. 2º – A Polícia e Bombeiro Militar de Rondônia criará normas e mecanismos para a ascensão profissional.
    Art. 3º – Unificam-se todos os quadros da Polícia e Bombeiro Militar ao Quadro de Policiais e Bombeiro Militares Combatentes, exceto o Quadro dos médicos que permanecesse conforme se encontra na lei.
    Art. 4º – Deixa de existir o número de vagas para promoção, havendo progressão funcional conforme tabela em anexo.
    Art. 5º – Todos os benefícios contidos nesta lei estendem-se aos policiais e bombeiro militares inativos, da reserva remunerada e as pensionistas.
    Art. 6º – Deixa de existir o interstício e passa a ter progressão funcional conforme tabela do anexo I.
    Art. 7º – Estabelece o Mês Março como sendo a data base do reajuste dos Policiais e Bombeiros Militares de Rondônia.
    Art. 8º – Institui o reajuste anual para os Policiais e Bombeiro Militares no mesmo percentual concedido ao Fundo Estadual.
    Art. 9º – A promoção para 2º Ten. será exclusiva dos subtenentes ou, quando não houver subtenente habilitado, deverá ser primeiro Sargento obedecendo ao critério da antiguidade.
    Art. 10º – Cria-se a gratificação para os policiais e bombeiro militares que estejam exercendo função de monitor, instrutor e ou comandante de pelotões dos cursos de formação e profissionalização.
    Art. 11º – Cria-se a gratificação de escolaridade para curso acima de 120horas/aulas no mesmo valor pago referente a um serviço voluntário. Os cursos ministrados serão os seguintes:
    I – a Curso de Formação de Praças, o Curso de Formação de Soldado;
    II – a Curso de Aperfeiçoamento de Praças, o Curso de Formação de Sargentos;
    III – a Curso de Altos Estudos de Praça, o Curso de Aperfeiçoamento de Sargentos;
    IV – a Curso de Formação, os cursos superiores exigidos para o ingresso dos militares dos Quadros de Oficiais Militares QOPMA e ESPECIALISTAS.
    Art. 12º – O Policial e Bombeiro Militar, quando completar trinta anos de efetivo serviço à Corporação, será promovido automaticamente ao posto ou graduação seguinte na escala hierárquica.
    Art. 13º – Cria-se a gratificação de escolaridade para os cursos de pós-graduação, mestrado, doutorado, bacharelado no valor pago referente a dois serviços voluntários por cada certificado apresentado.
    Art. 14º – Para a progressão funcional ao posto de coronel será exigido os cursos de bacharel em direito, Curso de Aperfeiçoamento de Oficiais, Curso de Altos Estudos de Oficiais, curso superior de oficial, que serão ministrados a partir do posto de capitão pela PM/BMRO..
    Art. 15º- Excepcionalmente, os (PM/BM), que a partir da publicação desta lei,farão jus à designação para os cursos constantes no Art.11, respeitando critério de antiguidade, na modalidade de Ensino à Distância para as disciplinas teóricas no âmbito de seus respectivos batalhões, sem prejuízo de suas atividades funcionais.
    Art. 16° – Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.
    Art. 17° -Revogam-se as disposições em contrário.

    TABELA DOS QUADROS DE POSTOS E GRADUAÇÕES DA PM/BMRO E SEUS RESPECTIVOS VENCIMENTOS
    Coronel PM
    NÍVEL ÚNICO R$ 18.275,00
    Tenente-Coronel PM
    03 ANOS /NÍVEL 03 R$17.947,00
    02 ANOS/ NÍVEL 02 R$17.321,50
    01 ANO / NÍVEL 01 R$17.021,00
    Major PM
    03 ANOS/NÍVEL 03 R$ 16.832,50
    02 ANOS/NÍVEL 02 R$ 16.521,00
    01 ANO / NÍVEL 01 R$ 16.075,75
    Capitães PM
    03 ANOS/NÍVEL 03 R$ 15.887,25
    02 ANOS/NÍVEL 02 R$ 15.530,75
    01 ANO/NÍVEL 01 R$ 15.085,25
    Primeiro-Tenente PM
    03 ANO/NÍVEL 01 R$ 14.935,00
    02 ANOS/NÍVEL 02 R$ 14.600,00
    01 ANO/NÍVEL 03 R$ 14.150,50
    Segundo-Tenente PM
    03 ANOS/NÍVEL 03 R$ 13.854,00
    02 ANOS/NÍVEL 02 R$ 13.542,00
    01 ANO/NÍVEL 01 R$ 13.175,00
    SubtenentePM
    03 ANOS/NÍVEL 03 R$ 12.827,00
    02 ANOS/NÍVEL 02 R$ 12.361,50
    01 ANO/NÍVEL 01 R$12.130.50
    1º Sargentos PM
    03 ANOS/NÍVEL 03 R$ 11.965,00
    02 ANOS/NÍVEL 02 R$ 11.499,50
    01 ANO/NÍVEL 01 R$ 11.034,00
    2º Sargentos PM
    03 ANOS/NÍVEL 03 R$ 10.968,50
    02 ANOS/NÍVEL 02 R$ 10.375,25
    01 ANO/NÍVEL 01 R$ 10.026,75
    3º Sargentos PM
    03 ANOS/NÍVEL 03 R$ 9.939,25
    02 ANOS/NÍVEL 02 R$ 9.473,75
    01 ANO/NÍVEL 01 R$ 9.008,25
    Cabos PM
    03 ANOS/NÍVEL 03 R$ 8.892,70
    02 ANOS/NÍVEL 02 R$ 8.310,00
    01 ANO/NÍVEL 01 R$ 8.198,00
    Soldado PM
    03 ANOS/NÍVEL 03 R$ 7.238,20
    02 ANOS/NÍVEL 02 R$ 6.850,00
    1 ANO/NÍVEL 01 R$ 5.952,20

    Fonte: Blog da Renata

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *