O ESTADO SE RENDE À BANDIDAGEM
   Flávio  Saraiva  │     23 de fevereiro de 2015   │     8:51  │  4

RENDIÇÃO DO ESTADOO governo de São Paulo, através de seu secretário de segurança, Alexandre de Moraes, em reunião com os banqueiros, resolveu adotar medidas que diminuam os ataques a caixas eletrônicos no estado. A primeira delas é o pedido ao ministro da Justiça que estabeleça norma legal impedindo a fabricação e comercialização de bananas de dinamite, solicitação fundamentada no fato de que apenas 15% das pedreiras usam o explosivo em suas atividades.

Por enquanto, o secretário determinou medidas no controle de estoque das pedreiras e na segurança do transporte dos explosivos, fiscalizadas pelas polícias e o Exército, o que já ocorre aqui no Nordeste. Como as forças estatais não dispõem de efetivo suficiente para a segurança no transporte dos explosivos, as pedreiras arcarão com os custos.

As outras medidas estudadas são o uso das bombas de fumaça nas instalações dos caixas eletrônicos e dispositivo que incinere as notas de dinheiro nos momentos das explosões.

Notando a incapacidade do estado no enfrentamento aos criminosos, os empresários proprietários de postos de combustíveis, supermercados, lojas de conveniência e outros estabelecimentos, resolveram retirar os caixas eletrônicos de suas instalações, livrando-se dos riscos explosivos aos negócios, trazendo prejuízos a eles e aos clientes.

É possível que o secretário venha a propor outras medidas de prevenção aos assaltos e homicídios, sugerindo a proibição da fabricação de armas de fogo e munições, o fechamento de lojas ou até mesmo que o cidadão não saia de sua casa protegida por grades e sistemas eletrônicos de segurança. Já não bastam as recomendações oficiais de não portar joias e relógios caros, não usar telefone celular nas ruas, não andar com dinheiro, não reagir a nenhum ataque criminoso; enfim, render-se, tal qual fez o estado.

Enquanto isso, os criminosos comemoram: É nóis!!!

Tags:, ,

>Link  

COMENTÁRIOS
4

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. Roberto Theodosio Brandão

    No Brasil compra-se qualquer tipo de arma desde que se tenha suficiente dinheiro. Qualquer tipo? Sim senhor desde uma inocente pistola até misseis e morteiros. Para estas armas de guerra não é necessário licença para adquirir e elas chegam na sua residencia com uma segurança e pontualidade incríveis.
    Porte de arma, licenças,etc tudo isto é bobagem desde que tenha dinheiro. O dinheiro manda em tudo inclusive nas consciências humanas. O que impera aqui é a mentira, hipocrisía politica e falta de interesse das autoridades para resolver o problema pois afinal são 6.000 km de fronteira aberta e sem controle algum. E ainda falam em resolver o tráfico de drogas e principalmente ARMAS. Durmam com uma zoada destas.

    Reply
  2. Luiz Alfredo

    Digo inclusive que necessitamos urgentemente cobrar que o Estado cumpra as Leis e puna por exação de poder os funcionários de autarquias que dificultam e até inviabilizam que os cidadãos tenham direito de possuir armas e desrespeitam inclusive processos judiciais transitados e julgados de fornecimento de medicações para doenças crônicas,e por sua vez o judiciário arbitra multas diárias más não atribui as devidas responsabilidades dos gestores.
    A historinha de :Vão-se os anéis e ficam os dedos, foi inserida na sociedade que visando a ordem e os bons costumes se submete a sair correndo para comprar um extintor de incêndio ABC,de pouquíssima eficácia só para andar dentro da Lei.
    Enquanto vemos menores e maiores bandidos com prerrogativas mais eficazes que o agente 007, que podia matar indiscriminadamente.
    Infelizmente vivemos em um país onde ladrões de milhões posam de bons moços e tem mil direitos e um cidadão que tem um lacre de um medidor de energia rompido é multado processado e desmoralizado como sendo um bandido,detalhe o medidor fica na parte externa da casa atendendo resolução da concessionária fornecedora.
    A JUSTIÇA REALMENTE É MUITO CEGA.

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *