GESTÃO POLICIAL
   Flávio  Saraiva  │     11 de novembro de 2014   │     12:12  │  4

GESTÃO POLICIALTentando acompanhar modernos processos de gestão, a Polícia Civil, em convênio com a SENASP/MJ, está ofertando a seus profissionais cinco cursos em importantes áreas do conhecimento, a saber: Desenvolvimento de Aplicações WEB, Gerenciamento de Projetos baseado em PMBOK, Gerenciamento de Processo de Negócio (BPM), Treinamento para utilização de Pentaho e Estatística Básica.

Destaco a importância do Pentaho, ferramenta amplamente empregada pela iniciativa privada na inteligência de negócio (business intelligence), com recursos de geração de relatórios, integração e armazenamento de dados, que possibilita ao gestor policial identificar os gargalos de sua administração.

A Estatística Básica propicia a identificação de áreas com maior incidência de crimes, horários em que acontecem, perfis das vítimas e criminosos e outros dados que os investigadores necessitem, para assim, identificar padrões.

Com o domínio das duas ferramentas, policiais poderão ser mais objetivos nas operações, elecando os mandados de prisão ainda não cumpridos das áreas selecionadas, atividades de inteligência e intervenção tática.

Não faz muito tempo, equipes policiais de todas as delegacias da Capital se reuniam para realizar rondas em pontos aleatórios que, com a repetição, perdiam a condição da eventualidade, tornando-se fixos. Parecia desfile, muitas viaturas e poucos resultados, alguns maldosamente batizaram a operação de poupa ganha, fazendo paralelo ao bingo que distribuía carros como prêmios aos apostadores. Outros apontavam a infeliz coincidência entre o volume de rondas e a instabilidade dos dirigentes policiais nos cargos de confiança.

Com o domínio das ferramentas, os gestores policiais poupam recursos e ganham em eficiência, independente das variações de estabilidade no cargo.

Tags:, , ,

>Link  

COMENTÁRIOS
4

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. jose pedro da silva

    Eram verdade as equipes policiais (agentes,delegados)de todas as delegacias da Capital se reuniam para realizar rondas em pontos aleatórios que parecia desfile, muitas viaturas e poucos resultados, porque eles tiravam fotos para provar que estavam trabalhando e na verdade não faziam nada, é por isso que batizaram a operação de poupa ganha, fazendo paralelo ao bingo que distribuía carros como prêmios aos apostadores. Isso é uma vergonha.

    Reply
  2. fred

    Meu caro, DR.FLAVIO SARAIVA, o senhor, mais do que ninguem sabe o deve ser feito para diminuir a violência, aqui vai minhas propostas: VAMOS FAZER DIUTURNAMENTE RONDAS, – VAMOS COLOCAR EM EVIDENCIA A CHAMADA PRODUTIVIDADE.E TAMBÉM A ISONOMIA. POIS TEM UMA COISA QUE É BOM É CRÍTICAR, AGORA VAMOS COLOCAR ALGUMAS COISA DESSAS EM PRÁTICA.

    Reply
  3. fred

    DEVEMOS LUTAR PARA QUE EM CADA SETOR DA SEGURANÇA, SE GRATIFIQUE QUEM EM SEU DISTRITO DIMINUA A VIOLÊNCIA, ISSO COLOCONDO TODOS NA AREA DE CIRCUSNCRIÇÃO

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *