HOMEM ARANHA
   Flávio  Saraiva  │     20 de julho de 2014   │     8:54  │  4

HOMEM ARANHANas histórias em quadrinhos e telas de cinema, o fotógrafo do jornal Clarim Diário Peter Parker se transforma no super-herói  Homem Aranha para proteger a cidade de Nova York de perigosos criminosos, alguns com poderes maximizados por engenhocas do mundo moderno. Peter Parker abdica até de seu grande amor para focar na defesa da Big Apple (Grande Maçã), como também é conhecida a metrópole americana.

Aqui na Maceió do mundo real, os jornais estampam a transferência do preso Ivanildo Nascimento Silva, ou Ivanildo da Rocha Barros, ou João Santos, para o cumprimento de sua pena em regime semiaberto e sem o incômodo adereço da tornozeleira eletrônica para monitoramento de seus passos. Ivanildo, ou João, é mais conhecido na Grande Maceió como Aranha, acusado de vários crimes – roubo qualificado, sequestro e cárcere privado, falsidade ideológica, homicídio qualificado e tráfico de entorpecentes. O extenso prontuário motivou a prisão do criminoso em maio de 2009 e encaminhamento para presídio alagoano.

No quartel geral do crime, a liderança de Aranha sobre os demais companheiros se destacara, levando a inteligência policial a identificar sua forte influência em ocorrências criminosas praticadas fora dos muros da cadeia. O exercício de poder no cárcere servira de argumentação para que o Governo do Estado promovesse a transferência de Aranha para a Penitenciária Federal de Catanduvas/PR, em outubro de 2009, para ali permanecer por 360 dias. Na fortaleza paranaense Aranha se agrupa a criminosos perigosos e famosos do país, saindo com certificação da ISO do crime.

De volta para Alagoas, depois de cumprida parte da pena, Aranha está de volta às ruas da Grande Maceió e, diferente do herói das histórias em quadrinhos, não é para defendê-la.

Tags:, , ,

>Link  

COMENTÁRIOS
4

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. Luiz Alfredo

    Vejo que não é tomada nenhuma medida protetiva em prol da sociedade,pois todos dias vemos rafamés sendo flagrados e presos com as ditas tornozeleiras voltando para a regressão de pena no regime fechado.Sendo assim a matemática e o raciocínio lógico logo nos diz que retornou também uma tonozeleira,daí pergunto:Porque peste não premiaram o super herói alagoano vulgo “Aranha”,com um dispositivo desses?
    Segurança Pública não se faz só com polícia,se faz também com ações de inteligência,responsabilidade,ética e principalmente com compromisso.Eis a questão da impunidade e negligência que fomentam a violência.

    Reply
  2. Deise

    Gostaria que vocês não se referissem ao apelido pois no meu entender isso os valoriza. Façam como a FIFA que quando alguém invade o campo as câmeras focam em outros ângulos. Principalmente quando o apelido é de um herói dos quadrinhos, cinema.

    Reply
  3. benigno josé da graça filho

    Quando haverá uma reformulação no código penal?
    Esses exemplos desestimula quem têm compromisso.

    Reply
  4. Luiz Antonio Lacerda Mariano

    Acredito que o ministério público tenha sua parte na culpa, me lembro do sequestrador do RJ “Sussuquinha” que tem bem admnistrado seus processos, quando vai receber o beneficio de um já está sendo condenado em outro e por ai vão 15 anos de cana bem dada. Um bandido como este com tal conta de crimes ou a polícia foi ineficiente em apresentar as devidas provas (o que muitas vezes acontece) ou se realmente tem todas estas broncas, “não estão administrando bem os processos dele”. Alagoas entrou no roll dos bandidões e tem que estar preparada para isto. Se o Juiz soltou e porque cumpriu a lei.

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *