O PAÍS DOS BLINDADOS
   Flávio  Saraiva  │     7 de março de 2014   │     21:11  │  2

O PAÍS DOS BLIDADOSMatéria publicada pela Revista iCarros revela que o Brasil é o país com a maior frota de veículos blindados do mundo, cerca de 120 mil, registrando crescimento de 445% em apenas 10 anos, segundo dados da ABRABLIN – Associação Brasileira de Blindagem. Chama a atenção o fato do Brasil superar os números de blindados em regiões como o Oriente Médio.

A blindagem, antes quase exclusiva de veículos de autoridades e transporte de valores, migra para outros segmentos, principalmente, prédios comerciais e residenciais, onde a instalação da medida de proteção em guaritas e portaria é recomendação obrigatória de consultores em segurança. Quando se trata de instituições financeiras, o emprego da blindagem passa de recomendação para exigência.

Convidado para prestar serviços de consultoria a empresários radicados em Recife/PE, no momento em que ali os sequestros, assaltos e homicídios se multiplicavam, recomendei a blindagem dos veículos deles e dos familiares. De início, parecia exagero, até porque nenhum havia sido vitimado e o investimento era muito alto, implicando ainda em mudanças na condução do veículo blindado e atitudes comportamentais. Muita discussão, análise custo/benefício, bateram o martelo decidindo pela blindagem.

Não passou muito tempo para receber a ligação telefônica de um deles que, ainda com voz que indicava sentimento de alegria e aflição, dissera que a blindagem de seu veículo acabara de ser paga. Numa parada em semáforo da Avenida Mascarenhas de Moraes, quando se dirigia ao Aeroporto dos Guararapes, fora abordado por um assaltante que anunciara a ação criminosa batendo com o revólver que portava no vidro blindado. Exagerando da proteção que desfrutava, o empresário gesticulara com a mão onde se destacava o dedo médio em riste, desprezando a ameaça criminosa e arrancando com o veículo.

A blindagem de veiculo mais utilizada para o uso civil no Brasil é a de nível III-A, que suporta disparos das armas de calibres mais usados por criminosos urbanos, custa em média R$ 45 mil, com garantia de 5 anos. No veículo blindado é instalada sirene que produz som semelhante a viaturas policiais, acionada pelo condutor para afugentar criminosos.

O destaque do Brasil nos investimentos em segurança privada não se restringe ao número de veículos blindados, São Paulo é a capital com a maior frota de helicópteros do mundo, fato motivado pela violência e limitação da mobilidade urbana.

Se a inteligência policial paulista não abortasse o plano de fuga cinematográfico de 04 líderes da facção criminosa Primeiro Comando da Capital – PCC, entre eles Marcos Willians Herbas Camacho, o Marcola, o Brasil seria destaque no noticiário internacional com as imagens do resgate desses criminosos do presídio de segurança máxima de Presidente Venceslau/SP, utilizando helicóptero blindado e plotado com a logomarca da polícia militar.

Os jornais poderiam estampar: Brasil, o país dos helicópteros e veículos blindados, e da ousadia bandida que parece também blindada.

Tags:,

>Link  

COMENTÁRIOS
2

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. Samuel

    Dr Flavio o que alagoas precisa é de homens como o sr. na frente da segurança publica com certeza o sr. teria uma equipe de trabalho de da inveja. parabéns e um grande abraço

    Reply
  2. Roberto Theodosio Brndão

    Em 1979 estava em São Paulo fazendo curso na RONTAN e na ENVEMO e já estava na ordem do dia a blindagem que já era solicitada por alguns executivos e viaturas governamentais. Naquela época havia uma certa paz nas cidades porém já era uma preocupação parecendo prever o que vinha nos anos seguintes. Bom para os empresários do setor que faturam alto neste seguimento altamente técnico. Hoje temos o caos instalado de vez e somente as blindagens caríssimas “salvam” os que podem pagar pelo serviço.

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *