USO SEGURO DO CELULAR
   Flávio  Saraiva  │     27 de janeiro de 2014   │     13:03  │  2

USO SEGURO DO CELULARA sessão Guia da revista Veja desta semana, edição 2358, apresenta várias dicas de segurança para os brasileiros usuários de telefone celular que, segundo a empresa de segurança Digital F-Secure, 01 entre 04 deles já fora vítima de furto, roubo ou extravio.

DICAS DE PREVENÇÃO

Utilize senhas de desbloqueio com o cuidado de não empregar números repetidos – 111111, ou sequência simples – 123456, que ocupam, respectivamente, o segundo e primeiro lugar no ranking das mais usadas. A senha impede o acesso aos dados contidos no aparelho que expõem a privacidade do usuário

Anote o número de série que identifica o aparelho telefônico, que aparece no visor ao digitar a sequência *#06#. Serão apresentados 15 dígitos numéricos em arranjos que variam conforme o fabricante. Com esse serial ou IMEI, o usuário poderá fazer o bloqueio do aparelho junto à operadora.

Instale programa antirroubo em seu aparelho que possibilite o rastreamento, copiar e apagar dados armazenados, enviar alertas sonoros e até fotografar quem estiver usando. Os mais conhecidos são Buscar Meu iPhone, Localizar Meu Telefone, Lookout  e  Prey Anti-Theft

Salve fotos, vídeos, agenda, mensagens e demais dados utilizando os aplicativos Dropbox, iCloud, SkyDrive e Google Drive.

Considere fazer seguro do aparelho.

Não use o telefone enquanto estiver caminhando, por se tratar de importante atrativo para criminosos.

Não guarde celular ou tablet em compartimento da mochila ou bolsa que permita fácil acesso.

Não deixe o celular sobre a mesa em locais públicos e dentro do carro.

Não carregue o celular no bolso traseiro da calça.

DEPOIS DA PERDA/FURTO/ROUBO

Registrar a ocorrência na polícia.

Ligar para a operadora solicitando o bloqueio da linha e do aparelho informando o número de série (Imei).

Tentar localizar o aparelho através do aplicativo de rastreamento e informar à polícia.

Por fim, para diminuir o interesse de criminosos, poderia ser criado banco de dados nacional com os registros dos números de série de todos os aparelhos telefônicos produtos de crimes, impedindo a habilitação em todas as concessionárias de telefonia celular. Com essa medida, o aparelho roubado/furtado serviria apenas como sucata, reduzindo o número de ocorrências.

Tags:, ,

>Link  

COMENTÁRIOS
2

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. Lia

    E oque se faz, quando você toma essas providencias, quando tem o seu celular furtado, e ao recupera-lo a operadora Vivo, não faz o desbloqueio do IMEI? Mesma apresentando NF e todos os documentos pertinentes, recuperei o aparelho, a pessoa o deve ter achado inútil e o devolveu, porém a Vivo não consegue desbloquear o IMEI e Nokia simplesmente diz que cabe à operadora.
    Sabes de algo que eu possa estar fazendo para resolver esta situação?
    Att

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *